Skip to main content
Estrangeiros dominam o Ironman 70.3 Brasília 2015
Ironman 70.3

Estrangeiros dominam o Ironman 70.3 Brasília 2015

enviado por Redação - Diário de Esportes
Estrangeiros dominam o Ironman 70.3 Brasília 2015

Tim Don (GBR) garantiu o bicampeonato no masculino e Helle Frederiksen (DNK) levou no feminino. Igor Amorelli, em 4º, e Ariane Monticeli, em 7º, foram os melhores brasileiros.

A festa foi estrangeira no Ironman 70.3 Brasília, competição que abriu a série de eventos do Circuito Ironman no país. Na manhã deste domingo (5), o britânico Tim Don e a dinamarquesa Helle Frederiksen venceram a disputa, que valeu pelo Campeonato Latino Americano, garantindo o primeiro lugar após os 1.9 km de natação, 90.1 km de ciclismo e 21.1 km de corrida pelas ruas e avenidas da Capital Federal, com largada e chegada no Pontão do Lago Sul. Tim confirmou o bicampeonato com o tempo de 3h41min47seg, enquanto Helle marcou o tempo de 4h04min16seg. Ambos asseguraram um prêmio de U$ 20 mil e pontos no ranking mundial.

O Brasil garantiu dois lugares entre os cinco melhores no masculino. O mineiro radicado em Santa Catarina Igor Amorelli, de 30 anos, terceiro e melhor brasileiro em 2014, manteve o status nesta edição, mas desta vez com o quarto lugar, após 3h47min53seg. Já o goiano Santiago Ascenço terminou em quinto com 3h48min11seg. Entre as mulheres, Ariane Monticeli ficou com o sétimo lugar, 4h27min46seg, enquanto Carol Furriela terminou em décimo, 4h29min43seg. Ao todo, 1200 competidores, de 22 países, participaram do evento.

O domingo de prova contou com muito calor e chuva. O Ironman 70.3 Brasília 2015 reuniu inúmeras feras do circuito internacional e confirmou a expectativa de um elevado nível técnico, com os dois vencedores baixando consideravelmente os tempos do ano passado. Sorte do excelente público presente ao longo do percurso e, em especial, no Pontão do Lago Sul.

A disputa do masculino foi comandando pelos “Tim”. O norte-americano Timothy O’Donnell, vice em 2014, veio determinado a vencer. Dominou a prova praticamente o tempo todo, mas acabou sendo batido por seu “xará” Tim Don, da Grã Bretanha. O campeão do ano passado assumiu a ponta na segunda e penúltima volta da corrida para garantir o bicampeonato.

“Fico contente em conquistar mais uma vitória aqui. O lugar é incrível e o apoio do público foi contagiante desta vez. Consegui fazer uma ótima prova. Tivemos algumas alterações muito boas no percurso com relação ao ano passado. Fiz um grande tempo e somei pontos importantes para o Mundial de 70.3 na Áustria”, declarou o vencedor. “Meu foco este ano será a competição na Áustria e essa vitória foi importante para o meu objetivo principal. Sempre é muito bom estar no Brasil. Espero voltar no próximo ano”, finalizou.

O vice-campeão, por sua vez, destacou a dificuldade da prova e os adversários. “Foi minha segunda vez aqui e mais uma prova muito dura. Os rapazes estão de parabéns pelo trabalho realizado hoje. Foi uma prova muito boa. Daqui a algumas semanas estarei de volta ao Brasil para o Ironman Florianópolis”, disse O´donnell.

Já o brasileiro Igor Amorelli reconheceu sentir o cansaço. “O evento foi muito bom hoje. Terminei a prova bem cansado, acho que devido ao volume de treinamento das últimas semanas, mas foi um bom resultado. Meu objetivo da temporada está em Kona e agora é treinar forte pois daqui umas oito semanas teremos o Ironman Florianópolis. Todos estão de parabéns pelo grande trabalho, a prova foi muito boa e a organização está de parabéns. Gostaria também de desejar uma feliz páscoa a todos”, afirmou.

Feminino

A disputa no feminino foi menos acirrada. Em sua estreia na etapa de Brasília, a dinamarquesa Helle Frederiksen manteve um ritmo forte a prova inteira. Primeira em todas as modalidades, ela terminou a prova com vantagem de quase 13 minutos sobre a belga Sofie Goos, segunda colocada e campeã do Ironman Brasil 2012. Ela teve uma performance tão positiva que superou muitos homens, terminando com o 21º melhor tempo de todos os participantes.

“Estou muito feliz com o resultado. Eu fiz uma ótima natação e uma grande prova de ciclismo e quando vi tinha uma larga vantagem sobre as concorrentes. Mesmo assim eu sou do tipo de competidora que me puxo sempre, independente da distância e foi o que fiz aqui”, disse a vencedora, quatro vezes campeã do Mundial de 70.3 e dona de uma enorme lista de conquistas.

A brasileira Ariane Monticeli comemorou mais uma vez o melhor resultado entre as atletas nacionais. “Foi uma prova muito dura e estou feliz por ter sido a melhor brasileira. Eu queria algo entre as top-5, mas a Elite desse evento estava muito forte. A organização está de parabéns também. As mudanças deixaram o percurso ainda melhor e mais seguro. A nossa prova não deixa nada a desejar para nenhuma outra no mundo”, ressaltou.

Campeões do Ironman 70.3 Brasília:

2006 – Oscar Galindez (ARG) 4h04min44seg/Fernanda Keller (BRA), 4h38min50seg
2007 – Paulo Miyashiro (BRA), 4h06min34seg/Carla Moreno (BRA), 4h38min13seg
2013 – Jérémy Jurkiewicz (FRA), 3h52min40seg/Amanda Stevens (USA), 4h20min55seg
2014 – Tim Don (GBR), 3h46min54seg, e Mirinda Carfrae (AUS), 4h15min01seg
2015 – Tim Don (GBR), 3h41min47seg, e Helle Frederiksen (DIN), 4h04min16seg

Resultados do Ironman 70.3 Brasília 2015 – Elite

Masculino

1º Tim Don (GBR) – 3h41min47seg
2º Tim O´Donnell (EUA) – 3h42min40seg
3º Tyler Butterfield (BMU) – 3h45min48seg
4º Igor Amorelli (BRA) – 3h47min53seg
5º Santiago Ascenço (BRA) – 3h48min11seg
6º Mario de Elias (ARG) – 3h49min32seg
7º Fabio Carvalho (BRA) – 3h49min48seg
8º Flavio Queiroga (BRA) – 3h50min13seg
9º Bruno Pais (PRT) – 3h50min23seg
10º Jeremy Jurkiewicz (FRA) – 3h50min50seg

Feminino

1ª Helle Frederiksen (DIN) – 4h04min16seg
2ª Sofie Goos (BEL) – 4h17min15seg
3ª Ruth Brennan Morrey (EUA) – 4h18min16seg
4ª Haley Chura (EUA) – 4h21min20seg
5ª Kristin Moeller (ALE) – 4h22min47seg
6ª Ricarda Lisk (ALE) – 4h26min13seg
7ª Ariane Monticelli (BRA) – 4h27min46seg
8ª Valentina Carvalho (CHI) – 4h28min14seg
9ª Rachel Joyce (GBR) – 4h29min16seg
10ª Carolina Furriela (BRA) – 4h29min43seg

O Ironman 70.3 Brasília é organizado pela Latin Sports e realizado pela Associação Brasileira Esportiva Social e Cultural Endurance (ABEE). Conta com o patrocínio da Mizuno e apoio da Gatorade, AquaSphere, NET, Integralmédica, Banana Brasil, Barilla, hotel oficial Mercure Hotels e revista oficial TriSport.

Mais informações no site oficial: www.ironmanbrasil.com.br

Publicidade

Opiniões